sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Linux se tornará uma força majoritária em jogos, Steam Box da Valve rodará Linux



Por Bhushan Shah 09JAN2013

Gabe Newell, o co-fundador da companhia de produção e distribuição de jogos digitais Valve, confirmou que a companhia está trabalhando no seu próprio console com Linux embarcado chamado Steam Box. Em uma entrevista com a Verge, Newell também confirmou que não será uma caixa fechada com restrições a usuários. Pessoas serão capazes de instalar qualquer sistema operacional de sua escolha nos Steam Boxes:
"Nós vamos vir por conta própria e venderemos sozinhos aos consumidores. Será um Linux Box, [e] se você quiser instalar Windows, será possível. Não vamos tornar isso difícil. Não é uma caixa fechada por nenhum esforço de imaginação."
O Steam Box endereçará uma das questões que mesmo companhias como a Canonical não puderam resolver para os usuários de Ubuntu – trazer conteúdo de alta-qualidade para Linux. Newell confirmou que os usuários serão capazes de executar Streams do Netflix nesses Linux dos Steam Boxes. Quando questionado se o Steam Box rodará Netflix, Newell respondeu:
"Oh, absolutamente. Você pode mandar fogo num web browser, você pode fazer seja o que for que quiser."
A mudança da Valve do Windows para Linux tem mais haver com o Windows 8 tornando-se um passo atrás invés de progredir quando fecharam ao moderno sistema operacionais. A interface de usuário é extremamente confusa e a Microsoft está atentando para o modelo da Apple que tem irritado bastante suas parcerias.
Não supõe-se haver 40% de absorção, nem 20% migram então isso é o que me espanta. Quando eu comecei a usá-lo Eu me senti como "Oh meu Deus…" Eu achei [Windows 8] inutilizável.
O console da Valve focará mais na precisão e biométrica invés de 'gestos' como o Kinect. Ele irá adotar também um modelo aberto aonde os usuários serão capazes de criar e compartilhar seus próprios conteúdos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário